Google+ Followers

21.10.05

Ato falho.

O Lulinha paz e amor voltou. A nova campanha já está de vento em popa. E a torneirinha de asneiras aberta, totalmente aberta.

Mas o Lulinha dá umas escorregadas, as vezes, e 'entrega o serviço'. Como quando disse que 'mentira a gente conta uma vez e passa o resto da vida tendo que mentir para esconder'. Desse assunto - mentira - tenho absoluta convicção que ele conhece. E muito!

A última foi sobre o Bolsa Família. Ele disse que o bolsa família ajuda a classe média. E estava falando a verdade, podem acreditar. Disso ele entende, ele sabe o que falou. Ele e a Globo, que mostrou o desvio de 'bolsas' para secretárias, donos de comércio, funcionários públicos... Toda a 'companheirada' da classe média... É a mais pura verdade!

Alguém aí acredita que, do começo do ano pra cá o governo do PT, com toda sua iniciativa, competência e honestidade, moralizou a distribuição de cartões? Melhorou minimamente o controle? Moralizou a coisa toda?

Alguém de sã consciência acredita que o Lulinha paz e amor e seu PTzinho de estimação não fazem uso eleitoral dessa coisa? Eu, que nasci lá no interior, sou mineirinho bobinho... Mas não tem essa de 'me engana que eu gosto' não.

Ato falho, hein, Sr. Lula! Entregou a rapadura, né? E eu creio que alguém poderia tomar as devidas providências. Afinal, se deixam ele falar as mentiras e baboseiras que fala sem nenhuma reprimenda, nenhuma responsabilidade, nenhuma conseqüência, pelo menos poderiam questioná-lo quando fala a verdade, não é? Senão, daqui a pouco, quando comprovarem as lambanças desse 'programa' e exigirem punições, o tal ainda se defenderá dizendo que 'eu já havia avisado sobre isso!'

Ai, ai, ai! Pobre povo brasileiro!

18.10.05

Quem mata mais?


Sou da opinião que a MENTIRA e a CORRUPÇÃO matam mais, muito mais, do que as armas de fogo. E, o pior: de forma muito mais covarde, mais sofrida, lenta, às vezes.

A MENTIRA e a CORRUPÇÃO matam crianças e idosos de fome, de falta de médico, de falta de hospitais, de falta de remédios, de falta de atendimento...

A MENTIRA e a CORRUPÇÃO matam jovens e adultos pela falta de segurança, pela falta de trabalho...

A MENTIRA e a CORRUPÇÃO matam nossos ideais, nossa união, nossa coragem, nossa fé... Matam nossa esperança. Matam a verdade.

Muitos daqueles que agora dizem defender a vida usam e abusam da MENTIRA. São parceiros, companheiros e defensores de CORRUPTOS e MENTIROSOS. São defensores do aborto e da eutanásia. São defensores do abrandamento das leis e das penas aplicáveis à criminosos...

Pense bem, e VOTE NÃO!

Mentem dizendo que defendem a vida... De quem? Dos criminosos?

As estatísticas sérias, feitas por gente honesta e sem a mancha de interesses escusos mostram que a proibição do comércio de armas de fogo e munição somente poderá ser eficaz, no máximo, para evitar cerca de três por cento das mortes causadas por armas de fogo. Isso mesmo: três por cento! Isso considerando que as pessoas que hoje têm a posse legal de armas deixarão de comprar munição para as mesmas...

Nada de evitar mortes por briga de trânsito, briga de bar, de rua: isso já deveria ter acabado ou diminuido, pois o Estatuto do Desarmamento tornou crime inafiançável o porte de arma. Ou seja, quem carrega consigo uma arma já é um criminoso - à exceção dos casos previstos no Estatuto -, e portanto não vai deixar de carregá-la por causa do referendo...

É claro que uma vida só, se salva, já teria valido a pena. Mas por que não salvar mais? Porque não diminuir dez, vinte, trinta, cinquenta por cento das mortes? Principalmente sabendo que isso é perfeitamente possível!

Porque não salvar a vida de tantas crianças, jovens, idosos, mães e pais de família honestos, trabalhadores, inocentes, que são assassinados diariamente por bandidos, mesmo não esboçando nenhuma reação e sem estar de posse de qualquer tipo de arma?

Porque muitos daqueles que agora dizem defender a vida passaram boa parte das suas vidas defendendo criminosos? Porque tentaram diminuir a severidade da lei, abrandar as penas? Porque não empregaram tantos esforços, tantos recursos e tanta energia no combate ao crime organizado, ao tráfico de drogas, ao roubo e contrabando de armas?

Porque defendem a vida de criminosos?

Pense bem, e VOTE NÃO!


Informe-se :
http://www.votonao.com.br/
http://www.apaddi.org.br/
http://www.midiasemmascara.org/editoria.php?id=13
http://www.movimentovivabrasil.com.br/
http://www.gonzaga.eti.br/referendo/

Leia. Reflita. Discuta. Pense bem, e certamente você votará NÃO!

13.10.05

Bastidores da bala.

A campanha do desarmamento fez com que aumentasse o número de e-mails que circulam pela rede mundial de computadores e que trazem informações das mais variadas e antagônicas. Um dos últimos e mais contundentes trata de uma suposta parceria entre as Organizações Globo e a empresa austríaca de armamentos Glock, que, juntas, estariam interessadas em criar uma terceira empresa para prestação de serviços de segurança privada. Existe uma clara dicotomia entre os discursos da Vênus Platinada, pois ao mesmo tempo em que apóia o desarmamento, por motivos mais do que óbvios, estreou no último dia 3 de outubro, com a assinatura global, a novela Bang-Bang, assunto abordado pela coluna em primeira mão. E mais: reuniões com a Polícia Federal já teriam acontecido para tratar dos trâmites legais para a criação da nova empresa. Por isso, meu caro leitor, no próximo dia 23 de outubro, antes de participar do referendo popular sobre o desarmamento, não esqueça de ligar o seu televisor na Globo, antes de sair de casa. Em outras palavras, Globo e você, nada a ver.

Do blog do Ucho Haddad (http://www.ucho.info/)

7.10.05

Pega na mentira... corta o rabo dela, pisa em cima, bate nela!


Primeiramente, peço desculpas ao Erasmo Carlos pelo plágio... O título desse 'post' é o refrão de um sucesso gravado por ele na década de oitenta, que vem bem a calhar para o que escrevo.

Ontem à noite assisti ao debate entre parlamentares das duas frentes que atuam em função do referendo. A do "por um Brasil sem armas' e a pelo direito à legítima defesa. A MENTIRA já começa por aí: "Um Brasil sem armas" não vai acontecer no caso do 'SIM' ganhar o referendo, nem mesmo vai acontecer por causa do Estatuto do Desrmamento, que já está em vigor. MENTIRA!

E a MENTIRA continua: várias vezes os 'defensores da vida' (da vida dos bandidos, é claro, que verão diminuídos os riscos do 'exercício' de sua 'profissão') alegaram que as pessoas que tiverem necessidade comprovada de ter uma arma poderão comprá-la. MENTIRA! Poderão possuir armas apenas militares, membros do poder legislativo e judiciário, empresas de segurança, praticantes de tiro e, na área rural, 'aqueles que dependerem de arma para garantir a sua subsistência'. Ora, nesse caso, trataria-se somente de caça, que é crime ambiental e punido com prisão sem direito a fiança! A menos que sejam criminosos - ops - militantes do MST 'caçando' gado e outros animais das fazendas que invadem 'para sua própria subsistência'. Seria uma 'pegadinha' do governo pró-MST? Alguém duvida?

Mas... Continuemos! Durante o debate, mais de três vezes foi dito que existem no Brasil mais de 20 milhões de armas ilegais. E citada pesquisa do jornal 'O Globo' - defensor da proibição, diga-se de passagem - cujos números apontam que 61% das armas ilegais, nas mãos dos bandidos, já foram legais um dia, ou seja, foram compradas por pessoas de bem, registradas, e depois foram roubadas. Esse é um dos argumentos mais fortes, atualmente, para a proibição do comércio legal. MENTIRA!

Usando a 'aritmética do pré-maternal da tia Gertrudes', como diria uma famoso professor do cursinho Decisivo, e uma ínfima parte daquela massa cinzenta esquecida - o nosso cérebro, podemos calcular : 20.000.000 x 61% = 12.200.000. Ou seja, pelos números apresentados, doze milhões e duzentas mil armas foram roubadas (ou doadas, vendidas, sabe-se lá?) de pessoas de bem pelos bandidos...

Também foi apresentado o seguinte número (este mais confiável, pois vem de controles do Governo e não de pesquisas e estatísticas) : o Brasil produz, por ano, 200.000 armas de fogo, das quais somente 20.000 são legalmente comercializadas pelas lojas. Então, para chegarmos aos absurdos números apresentados, deveriamos novamente invocar a tia Gertrudes e calcular : 12.200.000 / 20.000 = 610. Roubando as vinte mil armas que a indústria comercializa legalmente, os bandidos precisariam de seiscentos e dez anos para acumular esse arsenal. Ou seja, nossa brava e pioneira indústria vem produzindo vinte mil armas desde o ano de 1395, e os bandidos roubam todas as armas que compramos legalmente dela, 20.000 por ano! ABSURDO! MENTIRA!

Fantasiando um pouco mais, na base do 'me engana que eu gosto', vamos imaginar que a indústria de armas no Brasil tenha 300 anos de existência. Portanto, 300 x 20.000 = 6.000.000, ou seja, se os bandidos nos roubassem todas as armas legais que compramos, somente chegariam à metade do seu 'arsenal' atual, isso em trezentos anos, desde 1705... ABSURDO! MENTIRA!

É claro que sabemos que a maioria das armas dos criminosos são oriundas de CONTRABANDO, do COMÉRCIO ILEGAL, e roubadas das próprias polícias e das forças armadas. Coisas que nem esse governo nem os anteriores trataram de combater direito. Aliás, um grande aliado do atual Governo, o Fernandinho Beira-Mar, abastecia (?) as FARC na Colômbia com armas, em troca de cocaína. Se ele conseguia contrabandear armas para a Colômbia, imagine o resto...

Pelo que já vi até agora, números, estatísticas, racionalidade e a VERDADE não são o forte dos partidários do 'SIM', a turma das 'pombinhas brancas'...

Meu caro leitor: é só pensar um pouquinho, ler um pouquinho... e a gente 'pega na mentira, corta o rabo dela, pisa em cima, bate nela!'

Pense bem, e vote NÃO! Você já foi enganado recentemente por comerciais bonitinhos, cheios de música e poesia, grandes promessas, argumentos fantasiosos, artistas famosos... NÃO se deixe enganar novamente! Vote NÃO, e exija que o governo, o Estado, cumpram seu dever constitucional e cuidem da verdadeira segurança que você merece!

5.10.05

Cuidado! Estão querendo enganar você de novo!

Algumas palavras para fazerem você pensar:


  • Ao invés de investir em SEGURANÇA e na JUSTIÇA, o governo quer impedir que pessoas de bem possam garantir sua própria segurança e a de sua família, de seus negócios!
  • A ÚNICA SEGURANÇA QUE AUMENTARÁ com a proibição da comercialização legal de armas de fogo e munição SERÁ A DOS BANDIDOS, que passarão a agir sem nenhum risco de vida!
  • Essa ESTÓRIA de evitar mortes em brigas no trânsito, em brigas de bar e de rua é conversa fiada: o Estatuto do Desarmamento já proibiu o porte de armas, e quem carrega arma consigo - a menos que seja um dos privilegiados que podem fazê-lo dentro da lei - já é um criminoso, passível de prisão por dois anos sem direito a fiança. E esses criminosos não serão intimidados nem alterarão seus hábitos com o resultado do referendo!

- Porquê o governo não gasta os quase 500 milhões (ou mais?) do referendo em:

  • Aparelhamento das polícias, viaturas, armas, combustível, pneus, coletes à prova de bala, comunicação, informática, treinamento de policiais, inteligência?
  • Construção de novos e mais seguros presídios, para acabar com cadeias e presídios superlotadas - verdadeiras universidades do crime, fugas, rebeliões, Comando Vermelho, PCC?
  • Combate ao roubo e contrabando de armas, diminuindo ou mesmo acabando com a ostentação dos bandidos, que adoram exibir pistolas, fuzis, metralhadoras, granadas... Verdadeiro arsenal de guerra?
  • Combate ao narcotráfico e ao crime organizado, os maiores responsáveis pelas mortes e crimes que têm transformado nossas cidades em verdadeiros campos de batalha?

- Porquê o governo nada faz para melhorar o salário e as condições de vida dos policiais? Não investe na formação, na capacitação e requalificação, enfim, na valorização dos policiais?

- Porquê determinadas 'classes' continuarão a ter o privilégio de possuir e portar armas? Eles são melhores do que você? Muitos tem segurança particular ou fornecida pelo próprio governo...

- O que acontecerá quando os bandidos tiverem a certeza de que nenhum de nós poderá ter uma arma para o enfrentar? A criminalidade diminuirá? Ou aumentarão os crimes com canivetes, estiletes, facas e paus? E os mais velhos, os mais fracos, como se defenderão? E os que moram em lugares afastados, distantes da polícia e do socorro?

- Armas não matam: são os criminosos que matam! Porque o governo quer tirar as armas de circulação, e faz pouquíssimo ou quase nada para tirar os criminosos de circulação?

- NÃO vote contra o DIREITO dos outros. Se você não quer ou não precisa possuir uma arma, deixe aqueles que precisam - e podem, pois há muitas restrições para comprar uma arma legalmente - exercerem esse DIREITO! VOTE 1! VOTE NÃO!

- VOCÊ JÁ FOI ENGANADO EM UMA ELEIÇÃO BEM RECENTE, com propagandas bonitinhas (que custaram muito caro, como agora sabemos...), cheias de gente bonita, artistas, intelectuais e 'políticos honestos'! NÃO SE DEIXE ENGANAR DE NOVO pelos mesmos! VOTE 1! VOTE NÃO!

- SEGURANÇA é um DEVER DO ESTADO, do governo. E um DIREITO do cidadão! Não deixem que invertam isso! VOTE 1, VOTE NÃO!

Informe-se :

http://www.votonao.com.br/

http://www.apaddi.org.br/

http://www.midiasemmascara.org/editoria.php?id=13

http://www.movimentovivabrasil.com.br/

http://www.gonzaga.eti.br/referendo/

Leia. Reflita. Discuta. Pense bem, e certamente você votará NÃO!

3.10.05

Cadê a foto?

Enquanto o presidente Luiz Inácio aceitava bonés das mais bisonhas organizações e os colocava para fotos, não passava de uma duvidosa opção de estilo, não sem antes caracterizar um endosso àqueles que fazem da proximidade com o poder o endosso para suas bizarrices baderneiras. No último dia 28, quando visitou em Santa Cruza de Cabrália, no sul da Bahia, o assentamento "Lulão", o presidente Luiz Inácio deu um longo e apertado abraço em José Rainha Júnior, responsável pelas mais contundentes invasões de terras no país, além de ter sido preso sob a acusação de porte ilegal de armas, entre outras tantas transgressões penais. O mais interessante é que, por conta da campanha do desarmamento, cujo referendo acontece no próximo dia 23 de outubro, a foto do auspicioso abraço não foi publicada em lugar algum, pelo menos até então.

Do blog do Ucho (http://www.ucho.info/)

História.

Para quem tem memória curta: três figuras odiosas da História também trataram de proibir a venda de armas aos cidadãos de seus países. Foram Idi Amin Dada, Stalin e Adolf Hitler.

Do blog do Giba Um (http://www.gibaum.com.br/)

'Samba do crioulo doido' ou ' Me engana que eu gosto...' ?

Como é que é? Deixe-me explicar para ver se entendi...

O Silvinho Pereira dá entrevista dizendo que toda a direção do PT sabia do caixa 2. O que nada mais é do que o óbvio...

O Tarso Genro desmente. Diz que não: que era coisa do Delúbio e do Silvinho, só... Ah, bom! Ufa, que alívio...

Afinal, eu já estava ficando preocupadíssimo. Já pensou? O Lula, o Zé Dirceu, todos... Ministros, Senadores, Governadores, Deputados. Suas Excelências sabiam? Que coisa, não?

Prefiro acreditar que Suas Excelências, tão ingênuas quanto todos nós, que neles votamos, não sabiam de nada. O Duda custava 30 milhões? Ah, ´só fazer uma campanha entre os militantes, vender umas camisetas e estrelinhas, e pronto! Qualquer bingo, rifa... É tão fácil, não é mesmo? Suas Excelências, preparadíssimos para exercer tão nobres cargos, são dóceis e ingênuas criaturas. Assim como nós. Ou pelo menos como acreditam que sejamos...

Aí vem o Silvinho e estraga tudo.... Todos sabiam! Que droga!

Mas o Tarso nos salva. Ainda bem que temos o Tarso. Temos o Zé, que é nossa garantia do 'goverrrrrrno que não rôba e não deixa rôbarrrr', e temos o Tarso. Que não sabia de nada. Afinal, era ministro do Lula, que ambém não sabia, e nada tinha a ver com o PT. Ihhh... agora encabulei de vez: Mas se o Tarso não sabia de nada, nem o Lula, nem o Zé, como é que eles sabiam que ninguém sabiam?

Me confundi: eles naão sabiam de nada, mas sabiam que os que poderiam (ou deveriam?) saber não sabiam? Hummm... Que coisa!

28.9.05

Tá feia a coisa.

Lula foi a São Paulo, nas asas do Erário, para votar na eleição do PT. Mas não apareceu. Constrangidos, auxiliares próximos revelam o segredo: sua excelência não foi votar porque não se agüentava em pé. Não era cansaço.

Da coluna do Cláudio Humberto hoje, 28/09 (http://www.claudiohumberto.com.br)

31.8.05

Indignação! É isso que nos falta...

Sr. Luis Inácio Lula da Silva:

Causa indignação a qualquer cidadão medianamente esclarecido ouvir ou ler a asneira abaixo, pronunciada por uma pessoa semi-analfabeta, despreparada, sem nenhuma ética, que 52 milhões de abobalhados colocaram na presidência da república do Brasil. Esclarecendo: asneira vem de asno ou burro.

O senhor passou a sua vida toda, juntamente com o seu partido (?!?!?!), mentindo para um povo até conseguir conquistar as consciências de 52 milhões de incautos que não sabem distinguir óleo de água e agora, depois de ter implantado no Brasil o maior esquema de corrupção jamais visto no mundo ainda vem dar uma de o mais honesto do país com essa afirmação desproposital, descabida e desrespeitosa.

Pois eu lhe digo, senhor Luis Inácio: eu sou um brasileiro de 62 anos de idade, não sou analfabeto, meus pais não eram analfabetos, eu recebi uma educação doméstica, moral e formal para dizer ao senhor o seguinte: me respeite! Respeite o meu pais! Respeite as pessoas que estão indignadas com a sua desfaçatez!

Se o senhor acha que o único repositório da ética e da moral deste pais é o senhor, pois fique sabendo que eu quero discutir com o senhor sobre ética e moral, cara a cara, olho no olho. Eu quero que o senhor me explique como é que Delúbio Soares e Sílvio Pereira armaram o esquema criminoso que resultou neste mar de lama que emporcalha a história do Brasil sem que o senhor, o José Genuíno e o José Dirceu soubessem de nada. Eu quero que o senhor me explique, cara a cara, olho no olho, porque Celso Daniel, prefeito de Santo André, foi assassinado friamente e o seu governo agiu no sentido de paralisar as investigações. Será que o senhor sabe o que significa obstrução da justiça? Pois foi isto o que o senhor fez, obstruiu a justiça. Se o Brasil fosse um pais sério, o senhor já estaria na cadeia só por isto.

Quero que o senhor me explique porque mandou a prefeita de São José dos Campos, Ângela Guadagnin, exonerar o secretário de finanças Paulo de Tarso Venceslau só porque este, que também fora secretário de finanças da prefeitura de Campinas, descobriu um esquema de desvio de dinheiro público operado pela CPEM que somente em 1992 desviou 10,5 milhões de dólares da prefeitura de São José dos Campos, sem falar nas outras três onde o esquema funcionava (Campinas, Piracicaba e Ribeirão Preto, esta última tendo como prefeito Antônio Palocci, atual ministro da fazenda), dinheiro esse que se destinava a alimentar o caixa 2 do PT.

Nesse esquema o Paulo Okamoto, que não detinha cargo público e era apenas militante do PT, fazia o papel que o Sílvio Pereira fez até ser desmascarado recentemente.

Note-se que estes fatos ocorreram há 12/13 anos atrás. Não é de hoje, portanto, que o PT se utiliza desses esquemas criminosos para suprir o seu caixa 2 e aumentar o patrimônio de seus integrantes. Inclusive o seu e do seu filho, o Lulinha, que recentemente recebeu da Telamar cinco milhões e duzentos mil reais como investimento numa empresa que eu não pagaria um centavo por ela. A troco de quê, senhor Lula, a Telamar deu essa dinheirama toda ao seu filho?

O senhor e seus asseclas vivem dizendo que tudo é culpa das elites brasileiras. Para mim, as elites que jogaram o PT e o governo Lula na lama
têm nomes: José Dirceu, Sílvio Pereira, Delúbio Soares, Marcos Valério e os que estão acima destes que o senhor tão bem conhece e eu não preciso citar.
O senhor é o chefe de todos eles.

Pois eu lhe digo, senhor Lula: neste pais nasceu antes do senhor um homem em condições de discutir com o senhor, cara a cara, olho no olho, sobre ética e muitos outros atributos que o senhor não possui, como por exemplo, capacidade administrativa, discernimento, iniciativa e coragem de tomar decisões. E digo mais: que eu não estou sozinho, pois o Brasil tem milhões de homens e mulheres que têm condições de discutir com o senhor sobre ética e moral. Quer me parecer que o senhor não entende o verdadeiro significado das palavras ética e moral, talvez seja este o caso, já que nunca estudou e se gaba de ter nascido de pais analfabetos. Na verdade, quem se gaba de ter nascido de pais analfabetos e de ter pouco estudo não tem o direito de ofender todo um povo arvorando-se no único repositório da ética e da moral.

Senhor Lula, o senhor foi colocado onde está por pessoas tão ignorantes quanto o senhor. Mas eu devo lhe dizer que os homens e mulheres de bem deste pais já estão de saco cheio com as asneiras que o senhor fala e faz e com suas bravatas, com a sua incapacidade sobejamente demonstrada em governar o pais e com o fato de estar se esquivando de suas responsabilidades nos desmandos praticados pela cúpula diirigente do PT querendo nos fazer crer que Sílvio Pereira e Delúblio Soares agiram sozinhos. Não creio que Sílvio Pereira e Delúbio Soares sejam tão burros assim. Só um idiota acreditaria nisso.

E digo-lhe mais uma coisa: pare de subestimar a inteligência dos brasileiros, pare de ofender os brasileiros, principalmente aqueles que
acreditaram em suas mentiras e suas falácias e lhe colocaram onde está hoje.

Está na hora do senhor devolver estes votos juntamente com um pedido de desculpas tomando a decisão de renunciar ao cargo para o qual o senhor nunca esteve preparado para exercer.

"Neste país está para nascer alguém que venha querer discutir ética comigo.
Eu digo sempre o seguinte: sou filho de pai e mãe analfabetos. E o único legado que eles deixaram, não apenas para mim, mas para toda a família, é que andar de cabeça erguida é a coisa mais importante que pode acontecer para um homem ou uma mulher. E eu conquistei o direito de andar de cabeça erguida neste país com muito sacrifício. E não vai ser a elite brasileira que vai fazer eu baixar a cabeça".

Trecho do discurso proferido ontem pelo senhor, presidente Lula, para uma platéia de petroleiros da REDUC, Duque de Caxias, e que ofende pelo menos aqueles que possuem ética e dignidade neste pais, o que não parece ser o seu caso.

Estou pronto para discutir com o senhor sobre ética e outros assuntos a qualquer momento que o senhor escolher. Isto se o senhor tiver coragem,
porque sempre foge do debate com a imprensa e com pessoas inteligentes.

A maioria do povo brasileiro está de saco cheio com o senhor e com o seu PT - Partido dos Trambiqueiros.

Otacílio M. Guimarães

30.8.05

O que é mais importante, Lula: o PT ou o Brasil?

É interessante escutar que 'o Lula não tem nenhum contato com o PT, não se relaciona com o PT desde que foi eleito...' e outras lorotas desse tipo. Tudo mentira! Aliás, mentir é (e sempre foi) a única especialidade desse pessoal...

Ao mesmo tempo ele 'destaca' três ministros para 'cuidar' do cambaleante PT: Berzoini, Tarso Genro e Jacques Wagner. Cabe a nós, simples mortais (e idiotas, na visão desse 'povo'), fazer uma simples pergunta: Presidente, para o senhor, o que é mais importante, o PT ou o Brasil?

Referendo contra a venda de armas de fogo e munição (I).

"Nosso adversário, que tem as armas na mão e se cerca de forças consideráveis, se cobre com a palavra de paz enquanto se entrega a atos de guerra." - Demóstenes

"Quanto mais corrupto um governo, mais leis contra a posse de armas" - frase atribuída a Cornélius Tacitus, historiador romano, 116 DC, em "The Annals of Imperial Rome"

É minha opção consciente e irreversível responder "NÃO" à proibição da comercialização de armas de fogo e munições, no referendo marcado para Outubro.

E vou explicar claramente os meus motivos:

Primeiramente os objetivos nebulosos dessa proposta maluca, a começar pelo próprio "Estatudo do desarmamento" (Lei 10.826, de 22 de dezembro de 2003 - DEC. Nº 5.123/1º.07.2004 - Regulamentação). Porque é que uma lei se preocupa tanto em "regulamentar" o uso de armas de fogo, praticamente inviabilizando o porte por 'mortais' comuns, e tornando extrememente difícil - e caro - o registro de armas, para depois proibir de fato o seu uso? Sim, porque caso o referendo valide a proibição da comercialição, ficará proibida a venda de armas e munições. E arma sem munição mal serve para enfeitar paredes. Vamos continuar a conviver com privilegiados que poderão importar munição, além daqueles privilegiados que atualmente podem portar armas?

Depois, é preciso pensar o seguinte: não são as armas que matam, são as pessoas. Pessoas mal-intencionadas, despreparadas, descontroladas... Seguindo esse raciocínio, posso dizer também que acidentes de trânsito, bebidas, cigarro e drogas matam muto mais do que armas. E então? Vamos proibir a comercialização de automóveis? De bebidas? De cigarro? Adianta alguma coisa, já que o comércio das drogas é totalmente ilegal, mas existe e causa-nos tantos males?

Eu sou pai! Sou responsável em primeira ordem pela segurança de minha casa e de minha família, em primeira instância. Não quero abdicar dessa responsabilidade em favor da polícia. Mesmo porque, apesar do enorme esforço de milhares de brasileiros abnegados que colocam suas vidas em risco por um salário insignificante - os policiais - a capacidade da polícia de evitar desastres é muito limitada. Todos sabemos que nosso sistema de segurança ja faliu há muito. O que não consigo entender é porque um governo que criou um Fundo Nacional de Segurança para 'investir' onze milhões de reais - e que não chegou a usar esse valor - vai agora gastar pelo menos mais vinte vezes esse valor - ou mais - apenas para proibir o comércio legal de armas!

Eu sou a favor da vida! E quero ter a opção de, em primeiro lugar, defender minha família e minha própria vida, podendo comprar, legalmente, uma arma de fogo e me capacitar a usá-la corretamente, e a ser responsável pelo seu uso.

Outro dia lí uma provocação interessante na internet, mais ou menos assim: Que tal você, que defende o desarmamento dos homens de bem com unhas e dentes, colocar uma faixa na frente de sua casa com os dizeres "Somos pela paz, não temos nenhuma arma nessa casa!". Os ladrões e assassinos não adorariam saber?

Quanto ao referendo, o TSE proibiu recentemente a manifestação de opinião pela midia. Isso depois da Globo usar e abusar de suas propagandas, chegando mesmo a exibir vinhetas especialmente preparadas para iludir aos incautos. E mesmo depois da proibição a Regina Casé apareceu nos seus quadros no Fantástico usando as crianças para fazer um "merchandizing" sobre o desarmamento.

Ser pelo NÂO no referendo não significa ser "armamentista", como querem fazer crer os mal-intencionados, aqueles que chamam de 'bancada da bala' os parlamentares contra a proibição. E as pessoas já incorporaram tanto essa confusão que, em uma discussão qualquer sobre esse assunto, basta mencionar ser pelo NÃO no referendo que já se é taxado de assassino em potencial, defensor dos crimes, contrário à vida! Mas ser pelo NÂO no referendo significa apenas declarar que cabe a cada um o DIREITO de optar por comprar uma arma legalmente, ou não comprar. Que o fato de comprar uma arma não nos pode tornar criminosos, e que o fato de possuir uma arma não nos transforma em assassinos em potencial.

Outro paradoxo impressionante que tenho observado é que pessoas declaradamente abortistas são a favor da proibição, da erradicação total das armas... Alguém poderia me explicar?

Voltarei ao assunto.

Veja alguns links onde se informar melhor sobre os reais objetivos do desarmamento e outros "pequenos detalhes" interessantes:

http://www.midiasemmascara.org/editoria.php?id=13

http://www.movimentovivabrasil.com.br/

http://www.apaddi.org.br/


http://www.votonao.com.br

Vale para um caso, não vale para outro... Pode?

O relator do processo de cassação do Roberto Jefferson afirma em seu relatório que o deputado fez acusações sem provas. Não existem provas do mensalão. E que o deputado recebeu quatro milhões do PT e não declarou isso à justiça. Mas também não existem provas disso. Existe a mesma declaração do próprio Roberto Jefferson em seus depoimentos na Comissão... Ao passo que existem inúmeros saques suspeitos efetuados por vários deputados ou emissários daqueles, em espécie.

Qual é a lógica? Dois pesos, duas medidas? Quando ele 'acusa sem provas' a existência do Mensalão, está cometendo uma falta grave ... Ninguém acredita! Mas quando diz que recebeu 'dinheiro não contabilizado' todos acreditam?

Que coisa estranha isso, não?



29.8.05

"Suposto"


Do mestre Aurélio : suposto. [Do latim suppostu]. Adj. 1.Hipotético, fictício...

Já não aguento mais a mídia desse país! Existem exceções... Raras e honradas exceções. Mas só para confirmar a regra... Tem toda razão o Diogo Mainardi.

O comprometimento com a 'causa' petista e sua claque é tamanha que não dá pra disfarçar. Alguns criticam, de vez em quando, só para não deixar transparecer o jogo sujo de ilusão e mascaramento da verdade. Ao contrário do ditado árabe : "O diabo fala a verdade nove vezes só para mentir com mais convicção na décima", nossos meios de comunicação mentem, escondem ou distorcem os fatos nove em cada dez vezes.

Uma palavra que tem me irritado sobremaneira é o título deste post: SUPOSTO! Alguns incorporaram-na aos textos e ao discurso de tal maneira, que parecem usá-la como sinal gráfico: Parágrafo, hífem, vírgula, travessão... É só abrirem a boca e lá vem um "Suposto"! É um tal de "suposto" escândalo, "suposto" mensalão, "suposta" corrupção, "suposta" conta do Duda Mendonça, "suposto" suborno do Maurício Marinho, "suposta" Land Rover do Silvinho!!! Santa paciência!

Suponho que a suposta intenção do uso de "suposto" é supostamente impregnar nossa mente de que tudo não passa mesmo de uma suposta ilusão, de que não há suposta prova de nada, de que é tudo uma suposta conspiração da suposta direita e das supostas elites para depor o Lula... Mas, é claro, isso é apenas suposto!

12.8.05

Poupe-nos, Lula! Adeus!

Hoje pela manhã eu estava pensando em escrever algo assim como " Fora, Lula! Já Chega!".

Depois de tudo o que aconteceu ontem, na CPI, com as revelações do Duda Mendonça, acrescentando somente veracidade às palavras de Roberto Jefferson, o governo vinha anunciando um "pronunciamento à Nação" por parte do presidente Lula.

O que eu esperava: o mínimo de verdade, de sinceridade, de reconhecimento de culpa e pedido sincero de - no mínimo - perdão! Como quase todos os brasileiros decentes e minimamente informados.

E o que faz nosso dignatário maior? Um discurso pífio, valorizando-se e a seu governo, referindo-se a conquistas que não são suas e resultados econômicos que não são mérito de seu governo. Exalta seu governo e a si próprio, e continua alheio à tudo... Não sei, não vi, não posso responder! Fui traído! (Por quem, Sr. Presidente? Por quem?).

Mente, dizendo que os organismos do governo estão empenhados em combater a corrupção, quando sabemos claramente que, não fosse o quiprocó entre Dirceu e Jefferson, não fossem as CPI's, jamais saberíamos do esgoto que corria sob nossos pés, no esgoto em que transformaram a República...

Falseia, dizendo que "o governo e o PT devem desculpas à nação, ao povo brasileiro...". Ora, mas quem é represntante máximo do governo, senão ele próprio, Lula da Silva? Quem é o PT, quem sempre esteve à sua frente e o simbolizava mais do que qualquer petista desse país?

"Desculpas", Senhor Presidente, é tudo o que temos ouvido nos últimos dias, quiçá meses, até anos... Desculpas, as mais esfarrapadas possíveis. Mentiras sobre mentiras e sobre mentiras... Versões e versões desconectadas dos fatos, da realidade, e que zombam de nossa inteligência...

Não, não dá mais pra aguentar! Jamais pensei que isso aconteceria, e, do fundo de meu coração, jamais desejei dizer isso antes de 31 de dezembro de 2006. Mas não me resta outra alternativa: Poupe-nos, Sr. Presidente! Adeus Lula! Vá em paz, e deixe-nos também em paz, para podermos tentar recompor, aos poucos, o que sobra de nosso país. Aqui, em nossas almas e em nosso coração, e no exterior.

2.8.05

Carta ao presidente.


Recebi este artigo por e-mail, e após contato com o autor, resolvi postá-lo aqui. Creio se tratar do pensamento quase unânime dos brasileiros em geral.

"SENHOR PRESIDENTE DA REPÚBLICA
(Ilton Carlos Dellandréa, Desembargador aposentado do TJRS)

O mandato que o povo brasileiro lhe outorgou foi para governar este país e promover seu desenvolvimento social, diminuindo a pobreza e a iniqüidade, melhorando as condições de vida dos cidadãos sofridos e calejados por más administrações anteriores.
O senhor se orgulha de fatos acidentais da sua biografia como se eles tivessem relevância na sua eleição. Mas tenha certeza de que foi alçado a esse posto não pelo fato de ser filho de pais analfabetos; não porque nasceu pobre e diz ter passado fome; não por ter sido sindicalista; não por ter perdido o dedo mindinho e se aposentado por isto; não por ter se valido dessas circunstâncias e ingressado na política; não por ter sido um perseguido político e até preso; não por ter sido fundador do PT. Se fosse assim haveria centenas de outros em iguais condições e teríamos que multiplicar os cargos de Presidente do Brasil.
O povo estava cansado da mesmice de administrações anteriores porque sempre foi ludibriado por acenos de melhores perspectivas que não ultrapassavam as porteiras da campanha eleitoral. Subir a rampa do palácio é muito significativamente um ato que importa em virar as costas para o povo e os presidentes levam isto ao pé da letra: esquecem suas promessas e se deixam levar pelos interesses partidários e das elites que o senhor diz combater mas que acolheu e protege.
Não tenho nenhuma prova de ato de improbidade cometido pelo senhor nem intenção de estar me comparando com quem quer que seja, nem com o rico que pode dispor de um veículo caro para dar de presente a um amigo nem com o pobre que mora numa favela e nunca terá condições de ter sequer um cavalo para puxar sua carroça de catador de papéis. Mas, de minha parte, outorgo-lhe procuração, ou a quem o senhor indicar, para investigar minha vida social, política e profissional e minhas contas-correntes, minhas fichas criminal e cível em todas as comarcas em que residi, desde que nasci e enquanto viver.
Garanto-lhe que encontrarão sentenças reformadas, decisões que tribunais consideraram equivocadas – nunca fui dono da verdade –, mas ninguém me acusará de qualquer atitude aética, desonesta ou imoral. A honra não é atributo exclusivo de pobres ou de ricos, de analfabetos ou intelectuais, de garis ou presidentes, de súditos ou de monarcas. A honra não pode ser mascarada; a honorabilidade pode.
Por isto, de igual para igual, tenho sim coragem de lhe dizer que o senhor não tem o direito de subir num palanque e tentar impor-se como dono absoluto da ética, da honestidade e da moral. O senhor não é o único nem o último brasileiro honesto. A grande maioria está na mesma situação que o senhor e eu. Estamos no mesmo nível de igualdade. Por isto ninguém, nem o senhor, tem autoridade de nos lançar advertências de palanque ou de nos desafiar promovendo-se às nossas custas.
A grande diferença – senhor Presidente – é que nem todos conseguiram juntar ao seu redor tantos homens que não detêm essas mesmas qualidades. Poucos presidentes deste país conseguiram se assessorar de tantos corruptos, de tantos desonestos, de tantos aéticos e amorais quanto o senhor conseguiu.
O senhor já é presidente. Nem que queira poderá ser mais do que isto pois já ocupa o cargo máximo da Nação. É preciso que se convença disto com rapidez porque o mundo no qual está apoiado está desmoronando. Muitos dos que estão lhe servindo de base estão caindo.
Por isto, ao invés da soberba do queixo empinado é bom que olhe, também, com humildade, para baixo, e veja onde põe os pés e por onde caminha. Caso contrário o senhor vai de roldão. Vai cair também. De cabeça erguida e dura, como uma estátua, mas vai cair.
(Ilton Carlos Dellandréa, Desembargador aposentado do TJRS)"

1.8.05

Cadê os "caras-pintadas" ?


Quando do episódio do impedimento do ex-Presidente Collor, nos anos 90, o 'clamor popular' chegou às ruas, ao povo, bem antes do cheque (que pagou o carro...) ter chegado como prova à justiça.

E olhe que, em se tratando do Estado, do regime e das instituições, os atos que culminaram com a queda de Collor eram bem menos graves que os que ora conhecemos. Afinal, tratava-se do enriquecimento ilícito, da apropriação de recursos de campanha e do Erário para benefício pessoal. O atual escândalo trata de, além disso, submissão da vontade popular - representada pela Câmara - aos interesses escusos de um governo e de um partido. Ou seja, uma séria ameaça à democracia e ao estado de direito. Uma ditadura disfarçada, baseada no poder econômico de um 'grupo', para não dizer de uma quadrilha.

E o ' povo' assiste à tudo pacificamente, com a passividade de ovelhas pastando...

Cadê os caras-pintadas? Cadê a indignação, a revolta popular e as 'massas' tomando conta das ruas? Será que perdemos tanto assim a vergonha na cara? Será que, após tantos escândalos, perdemos a capacidade de nos indignar? Será que não há mais a capacidade de mobilizar os estudantes, os sindicatos... Enfim, a 'sociedade civil organizada' ? Será que a desilusão com o PT, 'o último guardião da ética e da moral' foi tamanha, que causou este efeito, essa perplexidade ?

Ou será que o 'movimento das massas', a 'indignação popular' e os 'caras-pintadas' de outrora, na verdade, tratavam-se de um movimento muito bem orquestrado, talvez mesmo comandado por alguns dos que estão aí, com as vísceras expostas?

Saberemos algum dia?

30.7.05

Brasil e ONU versus ICANN?


Corre no noticiário nacional a 'iniciativa' do Brasil de propor a transferência do controle de domínios da Internet - atualmente responsabilidade do ICANN - para a ONU.

Segundo nossos 'bem-intencionados' conterrãneos, isso seria necessário para 'democratizar' a Internet.

Sou contra! Terminante, total e definitivamente contra! E explico o porquê.

Primeiramente, é melhor não mexer em algo que está funcionando, e muito bem, obrigado!

Segundamente, falta clareza nos motivos de tal iniciativa, e será muito difícil conhecer a real intenção dos 'proponentes'... Aliás, como qualquer coisa de iniciativa do atual governo.

E tem mais. O Brasil propondo? Esse mesmo que agora há pouco queria controlar os jornalistas e a mídia? Tem cheiro de ideologia nisso aí... E de anti-americanismo também. Pergunto: para quê politizar essa questão? Cadê os argumentos econômicos e técnicos, se é que existem?

Outra questão: a ONU controlando a Internet? A mesma ONU que tem na sua comissão de direitos humanos exemplos de liberdade tais como Cuba? Ah, não! A mesma ONU, cujo filho do secretário geral enriqueceu burlando um programa de assistência da própria (Oil for Food)? Ah, não!

Mais uma questão: controle da Internet na mão dos governos? Quantos modelos de democracia e preservação de direitos fundamentais temos entre os proponentes e apoiadores de tal idéia? Cuba, China, Vietnã, Irã... A começar pelo Brasil? Cruzes!

Como bom mineiro, 'discunfiado', não acredito nessa turma, muito menos nas suas intenções... Já dizia um conterrãneo que ' é preferível um mal já conhecido à um bem pouco provável... ', na mesma linha do 'mais vale um pássaro na mão do que dois voando'. Já conhecemos o ICANN e os norte-americanos, a quem devemos a própria existência da Internet, e à eles devemos todos os esforços por torná-la o que é hoje : mundial, livre e funcionando.

Transferir o controle do ICANN para a ONU? Não, muito obrigado. Vamos deixar como está.

Pelo menos até alguns seres humanos entenderem melhor o significado de palavras simples como "direitos", "liberdade" e " democracia". Ou até que provem, com seus atos, que suas intenções são realmente boas.


Veja mais detalhes no link http://www.apaddi.org.br/admin_links/admin_links.asp?cod=22

29.7.05

Fernando Henrique tinha razão.


Não sou partidário do PSDB, nem defensor do ex-Presidente, Fernando Henrique, a quem credito grande parte da culpa pelo crescimento do PT e dos ' movimentos sociais ' como o MST, através de milhões - quiça bilhões - de reais despejados nas mãos deles pela 'reforma agrária' e ' programas sociais'... Deu no que deu!

Entretanto devo reconhecer que o mérito do ex-Presidente vai além da estabilidade econômica. Ao iniciar o processo de privatização, tão contestado pelos 'mais à esquerda', o Sr. Fernando Henrique sinalizou - e corretamente - o caminho para o futuro sempre prometido ao Brasil. Pena que não insistiu, que deixou-se levar pela busca da reeleição e nela apostou todas as fichas, queimou todos os cartuchos.

Se tivesse mantido o ritmo, e privatizado o quanto pudesse - incluindo-se aí Correios, Petrobrás, Banco do Brasil, entre tantos outros - teria minimizado os males da corrupção, já que evitá-los parece-me impossível. O aparelhamento do Estado promovido pelo PT, ocupando e negociando os cargos importantes nessas instituições, certamente é um dos maiores - se não o maior - foco de corrupção.

É evidente que a corrupção não se circunscreve somente à empresas públicas - entre as quais existem inúmeras sérias e sobre as quais jamais pesou qualquer denúncia. Mas a corrupção em órgãos públicos é a mais danosa, por atingir à todos os pagadores de impostos indistintamente - que não o são por opção, é obvio - sejam ricos ou pobres, normalmente prejudicando aos mais necessitados. E também é a mais difícil de descobrir e extremamente complexa para se combater. Afinal, não é todo santo dia que os interesses de um Roberto Jefferson qualquer são contrariados a ponto de provocar denúncias em público. Normamente as diferenças são resolvidas silenciosamente, e mal sabemos o que se passa, tal como uma tubulação de esgoto sob nossos pés.

O remédio, como já disse, foi sinalizado pelo ex-Presidente: privatização! E diminuição dos impostos! Quanto menos dinheiro circular na mão do governo, menor será a corrupção. Alguém duvida disso?

11.7.05

Cuecão de ouro... O cheiro tá piorando, e não é mais de lama!


Essa história de publicitários, malas, cuecas... Cada vez mais a coisa tá cheirando pior!

Penso comigo que o Duda Mendonça também tá nessa, e mais cedo ou mais tarde vai aparecer algo dele que não é só briga de galo, não... Não é engraçado? Com toda essa lama no PT, ele continua ileso... Um santo homem!

Também sou favorável à tese que o Sr. Marcos Empresário Totalmente Desinformado Valério é apenas um laranja, e que tem muito mais gente e de calibre mais grosso - os tais ' investidores ' no jargão dessa área da 'citricultura' - envolvida nesse lamaçal.

Sou leigo, não sou policial, mas uma coisa me intriga nessa história: se o Cuecão de Ouro estava embarcando, com destino certo, não seria o ÓBVIO a PF, órgão que tem a obrigação de investigar, apenas orientar seus agentes para seguí-lo, e aí sim, obter provas da 'entrega' do material? Agindo precipitadamente, 'espantaram a caça'. Agora, é óbvio que a máfia - ops, a direção - petista vai jurar de pés juntos que jamais ouvira falar nessa dinheirama...

Olha, tenho comigo que alguns membros da PF estão bastante - vamos dizer - 'preocupados' com as provas. Como o Zé Dirceu disse que metade da PF é Tucana - e não disse o que o resto é - fica a dúvida. Prciso de ajuda de alguém para me ajudar a esclarecer isso...

Outra coisa: porque é que a PF apreendeu até a placa que identificava o escritório de contabilidade que atendia as empresas do Marcos Valério? Será que tinha algo tão especial assim, naquele pedaço de lata? Muito estranho...

Se alguém mais atento esclarecido que eu puder ajudar a decifrar este e outros mistérios, serei muito grato.

4.7.05

O PT engravidou, quer abortar... mas continua VIRGEM!!!


Acredite se quiser!

O primeiro-ministro Zé Dirceu pediu o boné... É do PT!

O 'Silvinho' pediu o boné... É do PT!

O Delúbio não quer largar o osso, mas isso não deve durar muito... É do PT!

O Genoíno, que pode ser tudo, mas genuíno não é de jeito nenhum... É do PT!

E pode-se dizer que o Marcos 'rei do gado' Valério é do PT também, não é, uai?

E o Lula 'sem pecado e não sabia de nada' da Silva - também do PT - continua lá, dizendo que vai descobrir e punir os culpados, sejam 'adversários ou aliados'! Uai, gente! Dá pra entender?

Quer dizer que 'os culpados' são do PP, PL, PMDB... Do PT só tem vítima? Uai, gente!

Deix'eu vê si intindí beim o treim: O tar PT engravidô, qué abortá a criança, mais'inda cuntinua virge? Uai, genti! Tá dificir dimais di querditá, uai! Ô, treim lôco, sô!

29.6.05

Michael Moore e o desarmamento.

Ontem, lendo uma coluna do ' diário oficial ' do Governo - segundo o deputado Roberto Jefferson - O GLOBO, descobri um blog muito legal, o VOX LIBRE, (http://voxlibre.blogspot.com) do delegado da Polícia Federal Antônio Rayol. Para quem não se lembra, ele foi o responsável pela prisão de uma galerinha do PT em uma rinha, no Rio de Janeiro, que incluía o Ilmo. Sr. Duda Mendonça, marketeiro e felicitólogo-mor da República Democrática e Popular Lulística.

Em um dos assuntos, sobre o desarmamento, um dos comentários, a favor do desarmamento das vítimas - ops! - do desarmamento civil, foi sugerido que se assistisse ao filme 'Tiros em Columbine', do Michael Moore, para - segundo o autor do comentário - avalizar a opção favorável ao desarmamento.

Ora, invocar um filme de um farsante como o Michael Moore para defender o desarmamento é demais pra mim. Sou contra o desarmamento das vítimas. E, ao contrário do que foi dito pelo autor daquele comentário, não é que se queira "liberar" armas - isso já é permitido - mais ou menos.

Essa técnica de iludir a opinião pública é velha, e muito usada. E funciona! Quase todos com quem converso sobre o desarmamento repetem que ' não querem ver todo mundo andando armado por aí'... Ora, não se está discutindo o incentivo nem a obrigatoriedade ao armamento em massa da população, mas a continuidade de uma possibilidade, de uma opção, que já existe... ou existia até bem pouco tempo!!!

O que se quer é proibir mais ainda. Proibir o comércio legal de armas.

Até bem pouco tempo, quem quisesse optar por fazer sua própria segurança e provasse ter condições para isso podia fazê-lo. Agora já não é tão simples assim... e estão querendo tornar isso impossível.

Sou contra a morte, sou a favor da vida, nosso dom maior.

Mas vida sem poder fazer escolhas não é vida. Vida sob ameaças e sob imposições não é vida. Vida sem liberdade não é vida!

Abaixo o desarmamento. Viva o direito de escolher! Viva o direito à vida!

16.6.05

Quebrando a verdade... E o Brasil também!

Nosso corajoso e falante Presidente rides again! Para tentar tapar a crise com a peneira, voltou a fazer seus discursos de porta de fábrica.

Disse que não vai quebrar o Brasil, como o governo anterior fez por duas vezes...

Só nessa afirmação, S. Excia. já quebrou algo... No mínimo quebrou a verdade, em primeiro lugar. Pois a maior crise que já passamos, nos últimos tempos, foi justamente causada por S. Excia. o eterno candidato, quando, no início da campanha presidencial, apresentou o discurso do " quebra tudo " (me desculpe pelo plágio, caro Ricardo!), dizendo que iria rever privatizações, romper com o FMI, entre outras pérolas... Claro que era só bazófia, mas bastou isso para que o risco Brasil subisse a níveis extratosféricos, o dólar junto... e estava instalada a crise.

A bem da verdade, creio que ainda não atingimos - de volta - os níveis que tínhamos naquele já distante abril de 2002. Nem na economia, nem em empregos, nem em confiança.

E tem mais. Durante os oito anos do governo de FHC, o Brasil passou por inúmeras crises internacionais, três das quais foram verdadeiros " tsunâmis " na economia do planeta inteiro. E sobrevivemos, graças ao bom Pai...

Já no governo de S. Excia, o metalúrgico eterno candidato, o planeta vive dias maravilhosos em termos de economia. Céu de brigadeiro. Nem por isso conseguimos sequer acompanhar o ritmo de crescimento de nossos vizinhos, por mais complicada que seja a situação deles...

E, se nesse ambiente econômico mundial favorável, S. Excia. ainda conseguir a proeza de quebrar o Brasil - coisa que já não creio ser tão difícil assim - aí nada mais resta... Haja incompetência!

Quebrando os velhinhos.

Alô, alô, autoridades decentes desse país!

Os senhores precisam fazer alguma coisa para desarmar essa arapuca armada com a complacência - quiçá a ajuda - do governo federal: os empréstimos consignados para os aposentados pelo INSS!

É um crime: o negócio é ótimo para os bancos, que não correm nenhum risco, pois o desconto é feito " na fonte "... mas para o aposentado, isso não representa nenhum pontinho a menos na taxa de juros! Muito pelo contrário: a agiotagem oficializada anda extorquindo algo em torno de 4,5% ao mês! Isso mesmo! Com a colaboração de muitos artistas de renome, defensores de nobres causas, a enganação toma ares de coisa séria. E quanto o sujeito se dá por conta, vê que tirou um empréstimo bancário - as vezes para comprar um eletrodoméstico - cujo juro é muito maior que o do " crediário " da loja!

É de se perguntar como é que um aposentado, que geralmente mal recebe para se alimentar e comprar remédios, possa ser induzido à " mudar de vida " se endividando... Mas é exatamente isso! E, o que é mais grave, com o incentivo do governo, esse mesmo governo que taxou-os inescrupulosamente, e que aumenta o "salário" dos aposentados em percentuais ridículos.

Isso é que é governo " social ", " popular "... E ainda faz marketing, porque afinal de contas " o crédito aumentou " para os pobres !!! Santa mãe!!!

Socorro !!!

13.6.05

Onde fica esse país?

Preciso urgentemente de ajuda!

Acabo de assistir o programa do PT no horário político, e estou encantado! Que maravilha deve ser o viver num país modelo como o que foi apresentado! Saúde, educação, segurança, transporte!!! Qualidade de vida. Melhoria da renda da população, igualdade, justiça, liberdade!!!

Meu Senhor! Fiquei extasiado... de boca aberta, babando de inveja!!! "Que povo feliz!", exclamei. Como deve ser maravilhoso viver num lugar como aquele! E que maravilha de governo: honestidade, transparência, combate incansável à corrupção! Lindo, maravilhoso! Bravo! Bravíssimo!

Mas, como disse, preciso de ajuda, e urgentemente! Por favor, venham em meu socorro! ME INFORMEM ONDE FICA AQUELE PAÍS MOSTRADO NA TV! Eu imploro! Eu suplico! Eu não gravei o programa, apesar de tê-lo assistido com minha máxima atenção - e babação, eu confesso! Fiquei encantado: quero ir pra lá, urgentemente! Hoje mesmo, se possível...

Ah, não venham me dizer que não dá, que as fronteiras desse país estão fechadas para imigrantes como eu... Que são fortemente vigiadas para que não haja uma invasão por pobres e "excluídos" de todo o mundo! Sim, porque um país como aquele deve estar atraíndo não só a mim, mas a milhões de pessoas. Não importa! Eu fico na fila! Eu pago o ingresso! EU QUERO ENTRAR!!! EU QUERO IR PRA LÁ!!!

7.6.05

CPI urgente. Antes que o Brasil saia da UTI... para o necrotério!!!

Tem que haver uma CPI, e tem que haver punição exemplar. Mesmo que seja o impeachment de Lula. Os petistas dizem que a CPI é contra o governo. Eu digo que UM GOVERNO (?) DESSE TIPO É CONTRA O BRASIL É CONTRA TODOS OS BRASILEIROS honrados e trabalhadores, que são a imensa maioria de nosso povo!!!

3.6.05

Rede Idiotimismo de TV e você: tudo a ver!

Tenho evitado assistir à "Rede Globo e PT tudo a ver de Televisão", tão descarada a manipulação de informações e a "babação" dedicada ao Lula. Também, com um padrinho como o BNDES, né?

Bom, mas ontem à noite, enquanto terminava minhas leituras, deixei a TV ligada naquele canal. E me surpreendi com uma extensa reportagem sobre empregos, sobre o sucesso das exportações do Brasil. "Você quer ganhar dinheiro? Oh-oi, venha ser engenheiro de minas ou geólogo!". E o Brasil é grande. O maior sucesso. Me senti orgulhoso por alguns instantes, até recuperar a consciência...

Não é curioso? À época das eleições de 2002, quando as Reorganizações Marinho resolveram "Lular" de vez, as notícias eram catastróficas! Reportagens sobre tudo o que há de ruim e sobre o pior do Brasil. Tragédia. Quase mudei para o Paraguai, com família e tudo. Apenas algumas semanas depois, Lulinha eleito, maravilha !!! Que delícia de Brasil !!!

Agora, quando o "presidente" declara que está aberta a campanha Lulalá 2006, é exatamente o contrário: olha o cenário lindo, maravilhoso, fantástico: economia em céu de brigadeiro " e vocês ainda vão se surpreender!", empregos sobrando...

Quando é que teremos um pouquinho, só um pouquinho de verdade? De honra? De profissionalismo?

7.4.05

Trocando Deus "em miúdos"...

Tenho observado um movimento nada dissimulado que visa a substituição de Deus pela "natureza", pelo “bem” sem nome.

As pessoas fazem questão de enfatizar que estão à procura do "bem", da coisa certa, de ajudar aos outros... Estão defendendo a natureza, o planeta, o bem-estar dos seres humanos, enfim, tudo o que possa ser nobre e louvável. Mas evitam a todo custo ligar estas ações (ou intenções...) à um plano superior, à religião, à fé... À Deus!

Isso já está me irritando. Eu até entendo que existam pessoas que prefiram nao acreditar em Deus, não professar nenhuma fé, não se vincular à nenhuma religião. Não que eu aceite, pois tenho meu credo e professo minha fé. Mas não sou intransigente.

Porém, não posso concordar com a exigência dissimulada que vem do 'outro lado': que eu aceite passivamente a anulação de Deus. Que acredite apenas no acaso, em uma "ordem natural" das coisas, incríveis coincidências... nesse esforço da “ciência” para colocar o homem no centro de tudo, e como solução de todos os problemas... Eu creio que dessa forma estabelece-se um caminho para o relativismo moral e ético, o subjetivo: o que é certo para um, pode não sê-lo para o outro. E assim não há como prevalecer o bem da humanidade como um todo.

Para mim, de formação cristã, é difícil concordar com isso. Como ter caráter sem crer em Deus? Pode-se confiar apenas na própria consciência, apenas em valores intrínsecos do ser humano? Vale a pena arriscar-se? O que esperar de alguém que não creia em algo no plano superior... Que se ache senhor único de suas vontades, e que acredite tudo terminar ao fim de sua fulgaz existência terrestre?

Também não concordo com esse conceito de " Estado Laico ", tão em ênfase, ultimamemente. Separar política de religião é uma coisa. Querer anular o credo, a participação, e mesmo a profissão pública de fé não me parece correto, nem tampouco salutar. Recorro ao próprio Jesus Cristo - " Quem não está comigo, é contra mim." (Mt 12,30/Lc 11,23) - para justificar meu raciocínio

O que você pensa a respeito?