Google+ Followers

22.1.13

Não se apegue aos bens materiais.

Não se apegue aos bens materiais. Não se faça deles escravo.
 
Os bens que a Divina Providência lhe concedeu possuir devem ser usados para a sua subsistência, a
conservação de sua saúde e até para seu conforto material, é claro. Para isso você trabalhou!
 
O que não é possível é que em outra coisa você não pense mais, a não ser em possuir bens materiais, como se
não houvessem outros valores mais importantes e essenciais.
 
Lembre-se de que os bens que temos a morte os consome. Já o bem que fazemos, o céu retribui.
 
Extraído de "Comece o dia feliz", de J. S. Nobre - Edições Paulinas, São Paulo-SP, 1990.

Nenhum comentário: