Google+ Followers

10.11.07

Monitoramento por chip? Tô fora!!!

Eles não perdem tempo! É um golpe após o outro, quando não são vários ao mesmo tempo... Não dá tempo nem de subir pra respirar!!! O preço da liberdade é mesmo a eterna vigilância!

Primeiro veio a história de rastreio e bloqueio do carro por celular, uma mina de dinheiro para quem fornecer a tecnologia a ser instalada nos veículos, estimada na bagatela de R$2.000,00 por unidade, e também para os que forem prestar o serviço de rastreio... Tem que ser derrubada a qualquer custo essa obrigatoriedade, na verdade apenas mais uma tungada nos compradores de veículos, igualzinha àquela do "kit de primeiros socorros"...

Agora vem essa do monitoramento por chip. Já vi essa história antes. Aqui no Paraná, em um suspeitíssimo projeto do Detran, que felizmente foi abortado à época. Iria render um bom dinheiro... Para o Governo e para uma empresa bem conhecida na praça, que, para variar, não tinha absolutamente nenhum know how no assunto. Mas no que tange a faturar alto, ô!!!

A mais nova regra é instalar chips nos automóveis com as informações de praxe, algo assim como o Renavam e a placa. E sensores ("antenas") estratégicamente instaladas captariam estas informações para identificar o veículo. Nada demais, não muito diferente dos radares que "lêem" as placas dos veículos, já bastante em uso. Qual é problema, então? Simples: invasão de privacidade! Como as tais antenas poderão ser instaladas à revelia - e certamente o serão em abundância - fica muito fácil monitorar o trajeto mais percorrido e os locais mais frequentados pelo veículo. E essas preciosas informações nas mãos erradas (governos com viés totalitário, corruptos, criminosos, políticos e servidores públicos inescrupulosos...) podem fazer a festa da bandidagem...

Ouvi hoje um argumento do tipo "Ah, mas estas informações estarão sob a proteção do Governo". Somente um cracker poderia obtê-las para fins criminosos... Ah, é? O mesmo tipo de informação que é de propriedade (e está sob a guarda) da Receita Federal (CPF e CNPJ) e é vendida em CDs na Santa Ifigênia, em São Paulo? Já temos nossas vidas rastreadas pela CPMF em cada movimento da conta corrente, os cartões de crédito registram todos os nossos hábitos de consumo para o Banco Central, nossos telefones são diuturnamente grampeados legal e ilegalmente... Câmeras de vigilância particular e pública detalham minuciosamente nossos movimentos. Tudo isso em função da insegurança, da criminalidade e da sonegação... Que só aumentam! E que segurança isso tem proporcionado, além de prover imagens sensacionalistas dos crimes para alimentar as redes de TV?

Se o governo quer tornar a cobrança de taxas e impostos sobre os veículos mais eficiente, ele que trate de melhorar a qualidade do serviço público, evitando que seja apenas um cabide de emprego para apadrinhados e companheiros. Que fiscalize de forma mais inteligente, que combata intensamente a corrupção, começando por aquela que grassa a administração pública nas três esferas e que parece ser a regra, e não a exceção. Que combata o desperdício de dinheiro, que reduza os impostos e simplifique o pagamento. A sonegação é alimentada pela burocracia, pelo emaranhado de regras e leis e pelo excesso de impostos abusivos e sem a menor contrapartida, que, no caso do trânsito, representaria estradas melhores, ruas melhores e segurança no trânsito, no mínimo... Alguém aí pode citar algo de bom nesses aspectos? O assunto dispensa comentários, não é?

Se quer melhorar a segurança, que invista as fortunas já arrecadadas na melhoria das forças de combate ao crime, na reforma do judiciário e na efetividade da aplicação das leis.

O Deputado Raul Jungman, com quem posso ter severas divergências, mas considero um homem digno e honrado, e que tem pautado sua atuação pela seriedade, coerência, transparência e competência, já está tomando providências para coibir mais esse abuso. Sou-lhe apoiador e totalmente favorável! Temos que trabalhar para que tenha sucesso.

Eu não confio no Governo. Não quero ter também o meu veículo monitorado por ele o tempo todo. Além disso já pagamos caro demais pela Educação, pela Saúde, pelos Transportes e pela Segurança que não recebemos. E creio mesmo que já cedemos demais ao Governo em nome dessas panacéias. Nunca é demais lembrar que "Quem abre mão da liberdade em nome da segurança perde a liberdade e a segurança"!

Monitoramento por chip? Tô fora!!!

Nenhum comentário: