Google+ Followers

14.6.07

Apenas a ponta do ICEBERG...

As palavras da ministra sexóloga que deixaram escandalizados os brasileiros em geral, ontem, na verdade não deveriam surpreender.

Afinal, a atual classe política dominante não parece chegar nunca ao fundo do poço, quer seja no tocante a escândalos, quer seja em matéria de impropérios, asneiras, estultices, mentiras, deboches e assemelhados. Não há limite inferior para essa gente capaz de fazer o diabo em pessoa corar de vergonha. Já o disse, e também já o disseram muitos, parece que o povo brasileiro perdeu a capacidade de se indignar... "Espanou a rosca", como se diz no jargão mecânico. Sou forçado a admitir que penso que isso parece ser mesmo uma estratégia...

Em matéria de escândalos, corrupção e similares, idem. Tudo parece fazer parte de uma absurda normalidade. Talvez isso decorra de uma mistura de desespero de causa - tal qual um 'coma social auto-induzido', com a sensação de total impotência e com a pueril crença de que, daqui a algum tempo - talvez por um milagre até - tudo isso chegue ao fim... Será?

Uma questão decorrente me intriga: se em público, ou no pouco que se sabe daquilo que escapa ou 'vaza' dos círculos do poder, somos achincalhados e tratados com tamanho desplante, como será então nos circulos restritos de companheiros e familiares? Afinal, se tal qual acontece com um iceberg, o que vemos - e ouvimos, nesse caso - é apenas uma parte ínfima do todo, é de se supor...

Nenhum comentário: