Google+ Followers

30.8.05

Vale para um caso, não vale para outro... Pode?

O relator do processo de cassação do Roberto Jefferson afirma em seu relatório que o deputado fez acusações sem provas. Não existem provas do mensalão. E que o deputado recebeu quatro milhões do PT e não declarou isso à justiça. Mas também não existem provas disso. Existe a mesma declaração do próprio Roberto Jefferson em seus depoimentos na Comissão... Ao passo que existem inúmeros saques suspeitos efetuados por vários deputados ou emissários daqueles, em espécie.

Qual é a lógica? Dois pesos, duas medidas? Quando ele 'acusa sem provas' a existência do Mensalão, está cometendo uma falta grave ... Ninguém acredita! Mas quando diz que recebeu 'dinheiro não contabilizado' todos acreditam?

Que coisa estranha isso, não?



Nenhum comentário: