Google+ Followers

18.8.06

CDE - Código de Defesa do Eleitor.

O presidente do TSE, Marco Aurélio de Mello, dando continuidade ao corretíssimo pronunciamento feito quando do início do horário eleitoral gratuito, fez críticas às promessas que estão sendo feitas, "muitas delas podendo ser enquadradas como propaganda enganosa". E ainda fez alertas aos brasileiros em geral (Leia mais aqui). Ele considera que um "Código de Defesa do Consumidor aplicado à política seria interessante como forma de avaliar o desempenho do mandato". Eu também considero. E vou além disso: proponho o desafio de algum candidato apresentar a proposta para o CDE - Código de Defesa do Eleitor, ressaltando a cláusula da "garantia da satisfação ou o mandato de volta!".

A propósito, e só para fazer justiça: o autor do Código de Defesa do Consumidor é Geraldo Alckmin!

Nenhum comentário: