Google+ Followers

21.10.06

Os métodos de pesquisa e o milagre dos resultados...

Se eu fosse um idiota qualquer, diria: que estranho, né? Só erraram com o Geraldo Alckmin... Felizmente não sou...
 
Uma conhecida minha, professora de História aposentada, vive em Colombo, na região metropolitana de Curitiba-PR. Há poucos dias, foi abordada na rua por uma "pesquisadora", sem nenhuma identificação, que desfilou um questionário sócio-econômico-educacional pacientemente respondido pela senhora em questão, que terminou quando foi feita a pergunta sobre o grau de instrução, segundo as palavras da própria entrevistada:
" - Escola: a senhora estudou além da 5ª. série primária?"
" - Sim, tenho Mestrado em História."
" - Obrigado pela colaboração e gentileza, viu? E uma boa tarde."
 
Intrigada com a "pesquisa", essa senhora passou a acompanhar, de perto, a "pesquisadora". Notou que quando a resposta da "pergunta final" era "Não", havia mais uma:
" - Em quem você votará para Presidente no dia 29?"
 
 
Dispensa comentários...

2 comentários:

aline disse...

olá, vi este comentário publicado no blogue do Reinaldo Azevedo hoje, e acho que ajuda a entender bem as pesquisas "eleitorais"... nem sei por que a Albuquerque nào o publicou no blogue dela, mas acho que merece a maior divulgação possível!

Kika Albuquerque disse...
Situação ocorrida há poucos minutos atrás, no estacionamento de uma das lojas EXTRA:

Estaciona um carro, dele saem 4 jovens. Todos com pranchetas e pasta de papéis nas mãos.
Um pergunta:
- E aí? Daqui, podemos ir a pé pra onde?
Um outro sugere:
- Fazemos assim: vamos 2 para a Rua Socrates, e 2 ficam na Washington.
A moça imediatamente retruca:
- Na Sócrates? Tá maluco? LÁ SÓ TEM BURGUÊS. Ninguém lá vota em Lula.

Todos riram e concordaram.

Isso, ninguém me contou. EU VI e OUVI.

2:57 PM

tunico disse...

Luís, minha irmã que mora em Goiânia recebeu um telefonema de uma pesquisadora do IBOPE. Após se identificar e dizer que era uma pesquisa eleitoral, perguntou qual o grau de instrução dela. ela respondeu que era mestrado pela FGV e concluindo o doutoramento. A moça agradeceu, se desculpou dizendo que ela não fazia parte do universo de amostragem e desligou.