Google+ Followers

16.10.14

Do fundo do meu coração - ou "Melô do petista arrependido"

Eu, cada vez que vim aqui votar,
Eu pensei que fosse pra mudar
Roubalheira eu disse, nunca mais!
Mas, deste jeito estúpido provei
Desse doce amargo, eu nem sei:
O que é que você fez com a Petrobrás?


Vi, todo o meu futuro em sua mão
Deslizar, se espatifar no chão
Eu até chorei no MENSALÃO!
Mas, basta a merda que você já fez
Acabe com essa droga DILMA vez
Não voto nunca mais PT!


Mais uma vez aqui
Olhando as "diretrizes" com temor
Não vou votar, PT!
Pois sei que vou chorar a mesma dor


Eu sei que tenho que votar
Sem TEMER, sem PT!


Eu, toda vez que vim aqui votar,
Eu pensei que fosse pra mudar
E mais uma vez votei PT
Mas, já depois de tanta podridão
Eu até chorei no MENSALÃO
Não voto nunca mais PT!


Mais uma vez aqui
Olhando as cicatrizes e o rancor
Não vou votar,
PT, vermelho não é mais a minha cor.


Se você me perguntar quem se fudeu
Todo esse tempo, eu digo: Eu!
Que certamente você riu de mim
Mas, já depois de tanta podridão
De tanto companheiro na prisão
Não voto nunca mais assim!


Do fundo do meu coração
Não votem nunca mais assim!

Nenhum comentário: