Google+ Followers

28.10.14

Notinhas pós eleição...

Mal havia terminado a apuração e lá estava a figura deletéria com seu criador pulverizando perdigotos carregados das mentiras de praxe. 


Esperar-se o quê, de tão triste figura? Isso mesmo, ou pior. Combate à inflação? Combate à corrupção? Crescimento econômico? Mais saúde, empregos, segurança, educação, infraestrutura? Menos custo Brasil? Não! A prioridade é a reforma política. Agenda do Foro de São Paulo seguida à risca. E o que esperar da reforma do galinheiro conduzida pelas raposas, senão o derrubar das cercas e o amordaçar dos cachorros?


Façam suas apostas, eu faço as minhas. Por via das dúvidas, estou começando a estocar papel higiênico... Não que vá ser necessário pela quantidade de m***a que vem por aí, Petrobrás incluída. É que, como vamos caminhar céleres para a bolivarianização, rumo aos padrões de Venezuela, Equador, Bolívia, Argentina – entre outros. Então é provável que falte papel higiênico, pois, como vaticinou o brilhante "Maduro", o povo come mais e portanto, c*g* mais...


//--------------------------------


Frase memorável que vi ontem no facebook: 

"Se os porcos pudessem votar, o homem com o balde de comida seria eleito sempre. Não importaria quantos porcos ele já tivesse abatido no recinto ao lado." - Orson Scott Card

Nenhum comentário: